Como a análise de dados pode ajudar a fidelizar clientes?

4 minutos para ler

Saber como fidelizar clientes sempre foi um diferencial competitivo para as empresas, mas algo mudou recentemente. No cenário atual somos facilmente encantados pela tecnologia e pelas possibilidades que ela nos oferece, mas nem todos se lembram de que todas as mudanças em curso dependem de informação.

É tudo sobre dados e, principalmente, a forma como os utilizamos. Para se manterem em vantagem competitiva no ambiente econômico atual as empresas vivem o desafio de coletar, tratar e analisar dados que crescem exponencialmente e, além disso, influenciam as escolhas de compra dos consumidores. Afinal, também há muita informação à disposição deles.

O que quero deixar claro para você nestas primeiras linhas é a visão de que: um cliente fiel que manifeste sua satisfação é um dado favorável ao seu negócio. O contrário disso, um empecilho para o futuro da empresa. Continue a leitura, entenda essa lógica e tire sua própria conclusão a respeito do impacto que abordarei em seguida.

A importância de saber como fidelizar clientes

O argumento clássico em defesa da fidelização de clientes é o de que é mais barato trabalhar a retenção deles do que conquistar novos. Não vou entrar em detalhes sobre isso com você, assim podemos refletir juntos sobre o tema com um pouco mais de profundidade, mas fica aqui o registro desse significativo fator de importância.

A questão mais emergente é o fato de que o consumidor assumiu um papel de protagonista no mercado. Clientes trocam informação sobre as suas experiências de compra, fazem avaliações, registram reclamações e publicam os mais diversos comentários sobre como usam uma infinidade de produtos e serviços.

Uma empresa que não elabore um passo a passo eficiente de fidelização é um agente passivo de seu próprio sucesso, que precisa ser construído com base em uma rede de compradores felizes e fiéis.

O papel de inteligência de negócios na fidelização

Nesse esforço do que podemos chamar de uma estratégia para encantar clientes, é preciso se concentrar em vários pilares de informação. Normalmente, o destaque se concentra nas informações sobre o mercado, no comportamento de consumo, nas preferências e oportunidades, ou seja, nas particularidades do marketing.

No entanto, é fundamental garantir a lucratividade, o fluxo de caixa e cada aspecto que possa comprometer a saúde financeira do negócio. Atender expectativas, desejos e necessidades demanda investimentos e uma boa estrutura de desenvolvimento e suporte.

A contribuição dos sistemas de BI

Os sistemas de Business Intelligence (BI) monitoram todos os aspectos da operação da empresa, de modo a garantir que a inteligência do negócio seja aplicada com maior segurança, precisão e confiança em dados de qualidade.

Qualquer olhar parcial do seu empreendimento é como navegar em alto mar, tendo as estrelas como guia, em um dia nublado. É até possível se livrar de um naufrágio nessas condições, se o mar estiver calmo e nada surgir diante da embarcação, mas não há nenhuma chance de controlar o destino da viagem.

Desse modo, concluo que os principais ganhos do BI — maior conhecimento do cenário, cruzamento e integração dos dados — são como o painel de instrumentos que falta nesse suposto barco do exemplo. A própria visão sobre como fidelizar clientes depende das informações geradas.

E você? Considera que tem todos os dados de que precisa para tomar as melhores decisões e direcionar o seu negócio? Deixe seu comentário abaixo!

Posts relacionados

Deixe uma resposta